Pop

ÍDOLO DA FAMÍLIA DÓ-RÉ-MI CAUSA TUMULTO

A Família Dó Ré MiEm 1974, durante um show de David Cassidy em Londres, cerca de mil fãs tiveram atendimento médico de emergência. Quatro dias após o show, uma das fãs, de apenas 14 anos, morreu do coração. O Conselho Britânico de Segurança classificou a apresentação como um “concerto suicida”.

Para quem não se lembra, David Cassidy participou de um famoso seriado dos anos 70 chamado The Partridge Family, conhecido aqui como A Família Dó-Ré-Mi, que era formada por 6 integrantes músicos. Ele interpretava Keith, o filho mais velho. David era um ídolo adolescente na época.

10CC – I’M NOT IN LOVE. A VOZ DA SECRETÁRIA

10CC - Gravação de I'm Not In LoveHá 38 anos, o grupo inglês 10CC chegou ao 1º lugar na Inglaterra com a música “I’m Not In Love”.

Um fato curioso chamou a atenção: em determinado trecho da música, ouve-se a frase “Be quiet, big boys don’t cry…” sussurrada diversas vezes.

O que ninguém sabia na época é que a voz era de Kathy Warren, que não tinha qualquer ligação com a banda. Ela era recepcionista do Strawberry Studios, onde o disco foi gravado.

QUEEN – WE ARE THE CHAMPIONS É A MÚSICA MAIS CATIVANTE

Queen - We Are Tha Champios é a música mais cativanteUm estudo feito pela Universidade de York, no Canadá, mostrou que a música “We are the Champions”, da banda britânica Queen é a mais cativante de todos os tempos.

Musicólogos da York e da Goldsmiths University, de Londres, monitoraram o comportamento de milhares de pessoas enquanto cantavam ao ouvir as mais diversas canções.

Foi possível identificar elementos determinantes que disparam a vontade de cantar junto. As pessoas preferem, por exemplo, quando as vozes são masculinas, especialmente em tons mais elevados.

A lista das músicas mais “cantáveis” ainda tem:

YMCA – Village People
Fat Lip – Sum 41
The Final Countdown – Europe
Monster – The Automatic
Ruby – The Kaiser Chiefs
I’m Always Here – Jimi Jamison
Brown Eyed Girl – Van Morrison
Teenage Dirtbag – Wheatus
Livin’ on a Prayer – Bon Jovi

MICHAEL JACKSON E O MOONWALK

Michael Jackson e o MoonwalkMichael Jackson impactou o grande público pelo mundo afora durante sua apresentação no 25º aniversário da gravadora Motown, em março de 1983, quando os passos do Moonwalk foram apresentados enquanto ele cantava a música “Billie Jean”, do álbum Thriller.

Porém, o que poucos sabem, é que o Moonwalk, na verdade, existe desde os anos 40 em apresentações de jazz e foi “resgatado” pelo coreógrafo Jeffrey Daniels numa apresentação do grupo de R&B americano Shalamar, em 1982. Michael Jackson incorporou os passos em suas apresentações e os eternizou.

Translate »